03/07/2020
14:48:47
SinalTV - Canal MEO 500520
23-03-2020
Sociedade

Valpaços: Mais de 150 emigrantes que não cumprem quarentena

Valpaços: Mais de 150 emigrantes que não cumprem quarentena

As 118 aldeias das 25 freguesias de Valpaços foram “inundadas” por emigrantes, e não só, que estão de regresso às suas terras Natal, mas são muitas as denuncias na Proteção Civil de que poucos são os que estão a respeitar a quarentena.

Preocupados com a pandemia do COVID-19 e com o agravar da questão nacional, a Câmara de Valpaços, que tem recebido inúmeras denúncias de que existem muitos emigrantes nas aldeias que não estão a cumprir a quarentena, alertou os presidentes de junta e já identificaram mais de centena e meia de pessoas que apesar de ser obrigatório, continuam a não cumprir isolamento profilático de 14 dias. Amílcar Almeida, o autarca, não quer chegar a extremos e preferia que todos os que decidiram regressar à terra natal fizessem quarentena de forma espontânea, mas já confessou que se tem revelado uma tarefa muito difícil.

Ao que conseguimos apurar, alguns chegam e a primeira coisa que fazem é ir às compras. Fazem-no em grande número e muitos são aqueles que até saem do concelho para o fazer, procurando as grandes superfícies de Chaves, pondo em perigo a saúde pública.

Segundo o autarca Amílcar Almeida, continua a chegar diariamente muita gente “e não é só a Valpaços, mas sim a toda a região do Alto Tâmega”. Ao que a Sinal Tv conseguiu apurar, não se trata apenas de emigrantes, mas também de estudantes que estão fora e outras pessoas de diferentes pontos do país. A tarefa segundo o autarca, que já tem carros com megafones a percorrer as 118 aldeias, “não tem sido nada fácil”, mas se as pessoas teimarem em não cumprir as autoridades policiais, nomeadamente a GNR, vai ter de sair para o terreno com medidas mais drásticas.

 

Paulo Silva Reis com Carlos Daniel Morais

Outras notícias