20/10/2019
03:45:05
SinalTV - Canal MEO 500520
14-01-2015
Cultura

Sebastião Salgado regressa a Portugal com Génesis

Sebastião Salgado regressa a Portugal com Génesis
Exposição daquele que é um dos mais importantes fotógrafos vivos ensaia uma aproximação às origens do planeta. Fotógrafo brasileiro levou oito anos a concretizar projecto, do qual também faz parte um livro e um documentário.

O último grande trabalho fotográfico de Sebastião Salgado, o projecto Génesis, vai ser mostrado na Cordoaria Nacional, em Lisboa, a partir do dia 8 de Abril. A exposição, com curadoria de Lélia Wanick Salgado, incluirá 245 imagens de grande formato captadas entre 2004 e 2011 nos lugares mais recônditos e desconhecidos da Terra. Desde que foi inaugurada em Abril de 2013, no The Natural History Museum, em Londres, Génesis já foi vista por quase dois milhões de pessoas (só em São Paulo, no Brasil, chegou aos 410 mil visitantes).

A concretização deste projecto (que terminou no final de 2011 no Pantanal, no Brasil) inscreve no extenso currículo de Sebastião Salgado (Aimorés, 1944) mais um ensaio com características épicas, depois do reconhecimento global obtido com Trabalhadores (1993), que documentou em todo mundo os sinais do desaparecimento de um modo de vida baseado na manufactura, e Migrações (2000), registo das deslocações em massa de pessoas, forçadas pela fome, desastres naturais, condições ambientais degradadas ou pressão demográfica. Por seu lado, Génesis (da raiz grega “nascimento”, “origem”, o primeiro livro da Escritura, aquele em que se narra a criação do mundo) procura os “lugares prístinos [anteriores, velhos] da Terra”, na tentativa de demonstrar que ainda existe “um planeta puro, grande e majestoso”.


Fonte: Publico

Outras notícias