24/05/2020
22:54:18
SinalTV - Canal MEO 500520
11-04-2020
Sociedade

“Queremos o Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega público”

“Queremos o Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega público”

Depois das duras críticas dos autarcas do Alto Tâmega, sobre o facto de o Ministério da Saúde ter proibido a divulgação do Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega, populares criaram, na internet, uma petição pública, para exigir a divulgação dos dados e em menos de 24 horas já alcançaram as 800 assinaturas.

O Alto Tâmega é constituído pelos concelhos de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar (CIMAT) e até ao dia de ontem, ao final do dia, divulgavam o Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega, emitido pela Delegação de Saúde, que tinha dados específicos de cada concelho, mas por determinação da Senhora Ministra da Saúde, a Unidade de Saúde Publica do Alto Tâmega esta proibida de divulgar o boletim que todos os dias dava informações referentes aos casos suspeitos e confirmados.

O Objetivo da petição pública, que surgiu na internet, era reunir 1000 assinaturas com a designação “Queremos o Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega público”. Na mesma podia ler-se: “É incompreensível como a população fica privada dessa informação e ao mesmo tempo refém de um relatório da DGS onde o rigor e a transparência deixam muito a desejar... Relembro a discrepância entre ambos os relatórios, pela questão da análise relativa a residência fiscal e não habitual, para além da ausência de muitos outros dados. Os residentes e instituições localizadas nesta região pretendem a revogação da proibição da publicação do Boletim Epidemiológico do Alto Tâmega como forma de oposição á restrição do direito á informação pública”.

A petição esta acessível em: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT98438&fbclid=IwAR1CtKQmaf0CfrVX8UNyplPGv8l8JCY_Ob_iNscWD6zI42XZIZTXGrmbpug, e já foram alcançadas 800 assinaturas até às 20 horas de hoje.

 

Paulo Silva Reis e Carlos Daniel Morais

Outras notícias