16/09/2019
13:13:23
SinalTV - Canal MEO 500520
03-07-2014
Sociedade

Produção da "batata de semente" decorre em bom ritmo

Produção da batata de semente decorre em bom ritmo
Os terrenos que estão a receber a produção de batata de semente estão a corresponder às mais altas expetativas que tinha a Câmara Municipal de Montalegre. 
Deste modo, o projeto de revitalização do "ouro branco" do Barroso está a ganhar corpo e a assumir o desafio com sucesso. 
O ponto de situação foi descrito pelo técnico, mandatado pela autarquia, encarregue de fazer a gestão desta aposta.
Está no terreno e com pujança a aposta da Câmara Municipal de Montalegre em recuperar a fama da produção da batata de semente. Um desafio que tem sido abraçada com grande afinco pelo executivo e pelos produtores que decidiram aderir a este desígnio. Os terrenos mostram uma verdura extraordinária, sinal claro que o projeto decorre consoante o previsto. Deixamos o balanço até ao momento, feito pelo técnico encarregue da gestão deste investimento: «estamos numa fase importante de acompanhamento dos terrenos que foram propostos para este projeto de produção de batata de semente. Para além da plantação da batata, houve, posteriormente, a aplicação dos herbicidas para controlo, sendo uma prática comum, uma vez que falamos de campos com alguma dimensão. Tudo correu bem. Desde há duas/três semanas, temos acompanhado a evolução e feito uma avaliação das condições meteorológicas. A ideia é proteger os campos contra uma doença chamada míldio, que todos conhecem. Como é sabido, ao longo das últimas semanas, temos assistido a uma inconstância do tempo, com algum calor, um arrefecimento das temperaturas, grande variedade nas amplitudes térmicas e alguma chuva. Neste caso, o aconselhável são os tratamentos preventivos, à base de fungicidas. Houve zonas onde foi necessário fazer um tratamento mais precoce e que neste momento já estão a fazer um segundo tratamento. Tudo isto correu muito bem. A eficácia das intervenções teve o seu pleno efeito uma vez que os campos encontram-se, neste momento, com um bom desenvolvimento, estando sanitariamente muito bons».
 
COMBATE AO ESCARAVELHO E AOS AFÍDIOS (PIOLHOS)
 
As próximas frases explicam o que irá ser colocado em prática nas próximas semanas: «agora vamos entrar numa fase bastante importante em termos sanitários porque a produção da batata de semente distingue-se da produção de consumo pelas exigências sanitárias. No final, a batata de semente só será certificada se cumprir todas as exigências sanitárias regulamentadas pela lei europeia e mundial. Neste sentido, vamos acompanhar a evolução de uma praga problemática como é o caso do escaravelho da batata. Os produtores estão alertados. Em alguns casos será necessário fazer um tratamento de controlo desta primeira população. A partir de agora iremos montar uma rede de armadilhas que fará o acompanhamento da evolução das populações de afídios, vulgarmente conhecidos como os "piolhos". São insetos que atacam várias culturas. Aparecem nos quintais, nas roseiras, etc. No caso da batata, apesar de não causar estragos diretos, são insetos que são vetores de vírus que podem infetar os tubérculos. Assim, é fundamental montar as armadilhas para avaliar o denominado "nível económico de ataque", ou seja, a necessidade ou não de efetuar tratamentos».

Fonte: CM de Montalegre

Outras notícias