17/10/2019
10:58:46
SinalTV - Canal MEO 500520
15-04-2014
Cultura

Prémio Voz para uma cantora que a perdeu

Prémio Voz para uma cantora que a perdeu
Simone de Oliveira é distinguida hoje com o Prémio Voz/Montepio 2014.

Um prémio para "uma lutadora, uma mulher que perdeu a voz e a conseguiu recuperar". A cantora Simone Oliveira é distinguida esta terça-feira com o Prémio Voz/Montepio 2014.
O prémio, uma escolha dos catedráticos do doutoramento em Voz, Linguagem e Comunicação, ministrado conjuntamente pelas Faculdades de Medicina e de Letras da Universidade de Lisboa, será entregue pelo presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, no final do concerto celebrativo do Dia Mundial de Voz, que se realiza terça-feira, às 21h30, no Teatro Tivoli-BBVA, na capital.
"Simone de Oliveira é uma lutadora e é uma profissional que tocou várias artes desde a canção ao teatro, passando pela rádio, cinema e televisão", disse o catedrático em otorrinolaringologia Mário Andrea, da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. "É uma lutadora, uma mulher que perdeu a voz e a  conseguiu recuperar."

Em 1969, Simone de Oliveira ganhou pela segunda vez o Festival RTP da Canção com "Desfolhada Portuguesa", com a qual representa Portugal no Festival da Eurovisão, em Madrid. No final desse ano perdeu a voz. Simone de Oliveira fez então jornalismo, rádio, locução de continuidade e apresentou um concurso Miss Portugal e espectáculos no Casino Peninsular da Figueira da Foz.
A intérprete de "Sol de Inverno", entretanto, recuperou a voz, gravou um disco com temas de autoria de José Cid, e em 1973 voltou a concorrer ao Festival RTP com "Apenas O Meu Povo", conquistando o Prémio de Interpretação.
Numa entrevista à Lusa, por ocasião dos seus 50 anos de carreira, a cantora reconheceu que "há uma Simone antes da perda de voz e outra Simone depois".
"Aprendi muito, até a tirar melhor partido de mim mesma e das canções", afirmou.
Concerto solidário
O concerto do Dia Mundial da Voz no Tivoli-BBVA, cuja receita reverte a favor do projecto Voz Saudável da Associação para a Investigação e Desenvolvimento da Faculdade de Medicina, conta com a "big band" de Jorge Costa Pinto, e os cantores Maria Viana, Ana Bacalhau, Kátia Guerreiro, Kiko, Luís Represas e Luísa Sobral.
"Cada um dos cantores canta com a orquestra de Costa Pinto um tema do seu repertório e um 'standard' do jazz. Por exemplo, a Represas, calhou-lhe o 'Night and Day', do Frank Sinatra", disse fonte ligada ao espectáculo, referindo-se ao clássico de Cole Porter.
O Dia Mundial da Voz é comemorado desde 2003, no dia 16 de Abril. Este concerto antecipa as celebrações e as iniciativas que irão decorrer na quarta-feira.
Entre os distinguidos com o Prémio Voz, em edições anteriores, estão Ruy de Carvalho, Eunice Muñoz, Artur Agostinho, Nicolau Breyner, Fernando Pádua, Cristina de Castro, António Sala e Elisabete Matos.

Fonte: Renascença

Outras notícias