20/10/2019
03:46:14
SinalTV - Canal MEO 500520
26-09-2014
Sociedade

Pedro Pimentel defende mais recrutamento de bombeiros para o distrito

Pedro Pimentel defende mais recrutamento de bombeiros para o distrito
De 1 de Janeiro a 22 de Setembro, registaram-se 396 incêndios no distrito de Vila Real, o que representa uma descida relativamente ao período homólogo de 2013, ano em que se verificaram 1271 ocorrências de fogo. Foram estes os números revelados aos deputados do PSD, Pedro Pimentel, Luís Ramos e Manuela Tender, aquando da visita ao Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real no início da semana.

“O balanço que fazemos dos incêndios deste último Verão é positivo. Há uma descida de ocorrências face a 2013, ou seja, houve menos 875 ocorrências. A área ardida também foi inferior, ou seja, arderam 623 hectares”, afirma Pedro Pimentel.

O decréscimo da área ardida é justificado não só pelas condições atmosféricas mais favoráveis, como pelo facto de se terem verificado menos incêndios em simultâneo. “Foi-nos explicado que esta última circunstância possibilitou uma intervenção mais célere e eficaz, em virtude dos meios serem mobilizados mais rapidamente e conseguirem atacar, de imediato, as chamas”, explica o deputado. Valpaços, Chaves e Montalegre foram os concelhos com mais área ardida, num total de 511 hectares.

De 15 de Junho a 22 de Setembro, estiveram envolvidos no combate às chamas 6896 bombeiros, apoiados por 1556 veículos e 222 meios aéreos. Uma realidade que mereceu a preocupação dos deputados é a necessidade de investir no recrutamento e na formação dos bombeiros das corporações do distrito. “Apesar destes resultados positivos, é importante continuar a apostar no recrutamento de bombeiros e na sua formação. Vamos estudar medidas que possam impulsionar a aposta neste recrutamento e que a formação seja dada no terreno aos bombeiros”, defende Pedro Pimentel.

A reunião desta segunda-feira, 22 de Setembro, foi solicitada pelos deputados do PSD ao Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real, com o objectivo de fazer um balanço sobre a época de incêndios no distrito. Recorde-se que, segundo o relatório provisório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), 2014 foi o ano em que se registou o menor número de incêndios da última década.

Fonte: Notify

Outras notícias