16/12/2019
03:53:06
SinalTV - Canal MEO 500520
16-04-2015
Cultura

Município promove jornadas sobre Valorização do Património Abaluartado de Raiz Fronteiriço

Município promove jornadas sobre Valorização do Património  Abaluartado de Raiz Fronteiriço

Iniciativa terá lugar no Forte de S. Francisco, dias 25 e 26 de abril, e contará com a presença de 13 conferencistas, oriundos de vários pontos da Península Ibérica.

O Auditório do Forte de S. Francisco, em Chaves, recebe nos próximos dias 25 e 25 de abril, as IV Jornadas sobre Valorização do Património  Abaluartado de Raia Fronteiriça. O evento, organizado pela Câmara Municipal de Chaves, contará com a presença de 13 conferencistas, vindos de vários pontos da Península Ibérica.

As jornadas, como o seu tema indica, irão abordar os mais variados sistemas defensivos abaluartados da raia transfronteiriça, bem como outros temas relacionados com a construção e edificação destes monumentos, abarcando também o espectro geográfico das fortalezas e a história militar das mesmas.

O objetivo da iniciativa é aprofundar o conhecimento sobre os recintos abaluartados, promovendo a Praça - Forte Seiscentista e os outros elementos patrimoniais de Chaves, bem como aspirar a elevação destas Fortificações da Raia Transfronteiriça a Património da Humanidade, distribuídas por várias povoações, como defende o professor universitário Moises Cayetano Rosado, que estará presente nas Jornadas em Chaves.

As IV Jornadas sobre Valorização do Património Abaluartado de Raia Fronteiriça surgem no seguimento de outras já realizadas. As primeiras jornadas tiveram lugar em Badajoz, dias 19 e 20 de outubro de 2012, a segunda edição das jornadas em Castelo de Vide, dias 17 e 18 de maio de 2013, e as terceiras jornadas  em Castro Marim, dias 26 e 27 de setembro de 2014. Pela primeira vez, a organização deste evento será na zona norte do país, mais concretamente no Município de Chaves.

Destaque para a apresentação de um trabalho elaborado pelo investigador Dr. Paulo Dordio, que aborda a evolução urbanística da cidade de Chaves, designado “Chaves e as suas Fortificações - Estudo histórico, arqueológico e evolução Urbana e Arquitetónica”.

A realização das jornadas surge no âmbito da candidatura “Chaves Monumental – Valorização e Promoção dos Valores Culturais e Patrimoniais”, integrada no Objetivo Específico “Promoção de operações para a excelência urbana e de redes para a competitividade e inovação”, do Eixo Prioritário IV – Qualificação do Sistema Urbano, do Programa Operacional Regional do Norte (2007-2013), e sendo a cidade de Chaves possuidora de um vasto património cultural e arquitetónico que merecem ser preservados e valorizados, de forma a serem transmitidos às gerações vindouras.

 

PROGRAMA

SÁBADO, 25 DE ABRIL 2015 (Auditório do Forte de São Francisco)
09h40 Receção dos participantes 
10h00 Sessão da manhã

PATRIMONIO ABALUARTADO EN EL CORREDOR MADRID-LISBOA. IMPORTANCIA Y HERENCIA PATRIMONIAL
Moisés Cayetano Rosado
Director de la Revista Transfronteriza “O Pelourinho. Doctor en Geografía e Historia

INGENIEROS MILITARES EN LA RAYA, EN LA DÉCADA DE 1660. MÉTODOS DE TRABAJO
Carlos Sánchez Rubio 
Documentalista Gerente de “4 Gatos”, especializado en cartografía militar. Licenciado en Filología Alemana.

AL SERVICIO DE COSME DE MEDICI. LAS PLAZAS PORTUGUESAS EN EL ATLAS DE LORENZO POSSI (1687)
Rocío Sánchez Rubio 
Universidad de Extremadura

AS FORTIFICAÇÕES MODERNAS DE VILA NOVA DE CERVEIRA E A SUA IMPORTÂNCIA PATRIMONIAL 
Paula Ramalho
Município Vila Nova de Cerveira

PRAÇA FORTE DE VALENÇA: ORIGENS E EVOLUÇÃO DA FORTIFICAÇÃO ABALUARTADA 
Belisa Pereira e Luís Fontes
Município de Valença/Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho

PRESERVAÇÃO E VALORIZAÇÃO DA FORTALEZA DE MONÇÃO
Odete Barra
Município de Monção

12h45 Debate
15h00 Sessão da tarde
AS FORTIFICAÇÕES DO CERCO DO PORTO 1832-1833
Sérgio Veludo Coelho 
ESE, Instituto Politécnico do Porto

A PRAÇA FORTE DE CHAVES, ESTRUTURA E VESTÍGIOS ARQUEOLÓGICOS
Rui Lopes e Sérgio Carneiro
Município de Chaves

FORTIFICACIONES ABALUARTADAS EN LA RAYA SALMANTINA: EL REAL FUERTE DE LA CONCEPCIÓN, CIUDAD RODRIGO Y SAN FELICES DE LOS GALLEGOS
Ramón García Gómez
Universidad de Salamanca

O SÍTIO ARQUEOLÓGICO DO CASTELO DE D. DINIS. SUA EVOLUÇÃO E SIGNIFICADO DENTRO DA PRAÇA ABALUARTADA DE ALMEIDA 
João Campos 
Arquiteto e Consultor de Almeida

17h00 Debate
17h30 Apresentação do livro “CHAVES E AS SUAS FORTIFICAÇÕES – ESTUDO HISTÓRICO, ARQUEOLÓGICO E EVOLUÇÃO URBANA E ARQUITETÓNICA”
Paulo Dordio
Universidade do Porto, CITCEM

18h00 Sessão de encerramento
Arq. António Cabeleira
Presidente da Câmara Municipal de Chaves

DOMINGO, 26 DE ABRIL

VISITA AS MURALHAS DO CENTRO HISTÓRICO DE CHAVES E FORTES S. NEUTEL E DE SÃO FRANCISCO
09h30  Visita ao Forte de São Neutel (a partir do Forte de São Francisco)
10h15 Visita as muralhas do centro Histórico de Chaves (a iniciar no Largo do Anjo)
12h00  Fim da visita

Fonte: CM de Chaves

Outras notícias