06/08/2020
21:42:48
SinalTV - Canal MEO 500520
04-11-2014
Sociedade

Município de Montalegre promove o concelho na Feira dos Santos em Chaves

Município de Montalegre promove o concelho na Feira dos Santos em Chaves
A tradicional "Feira dos Santos" de Chaves foi o palco para mais uma campanha de promoção levada a cabo pelo município de Montalegre.
Uma aposta que marca «um novo ciclo na forma como comunicamos a região», afirma David Teixeira, vice-presidente da autarquia. Entre outros, foi promovida a batata de Montalegre e as próximas "Sexta 13" que em 2015 terá três convocatórias (Fevereiro, Março e Novembro).

Foi a cerca de 40 quilómetros da sede do município, que Montalegre assinou mais uma campanha de promoção. Desta vez, a paragem recaiu na tradicional "Feira dos Santos" de Chaves onde foi erguido um stand com alguns símbolos do concelho, com especial enfoque na batata de Montalegre, produto que esteve à venda em pequenos sacos. De resto, vários panfletos de promoção da região que anunciam eventos e apostas que o concelho tem realizado ao longo dos últimos tempos.
 
CRÍTICAS À CIM DO ALTO TÂMEGA
 
Em representação da Câmara Municipal esteve o vice-presidente que deixou uma mensagem de força inequívoca: «estamos a tentar dizer, dentro da região, que isto só faz sentido em conjunto». Um discurso também de lamento pela ausência de uma coletividade que represente a região: «penso que a CIM do Alto Tâmega deveria estar aqui dentro desta centralidade que Chaves teima em não assumir e que seria bom para todos. Montalegre é a capital dos eventos, do desporto-natureza e da gastronomia de montanha. Chaves é a cidade por excelência onde todo o comércio tem que funcionar e quisemos dar prova dessa vontade e desse esforço que toda a região terá que fazer para se afirmar como um destino turístico».
 
NOVO CICLO NA COMUNICAÇÃO
 
David Teixeira partiu, de seguida, para outras áreas. Abordou, por exemplo, a aposta que o município de Montalegre está a realizar na vertente comunicacional «quisemos iniciar um ciclo novo da forma como comunicamos a região. Quisemos trazer um dos projetos que tem um ano de trabalho: a batata de semente». Continua a ser, concluiu o autarca, «o nosso minério branco e continuará sempre a ser um dos nossos esforços de produção», para tal «quisemos associar a imagem do padre Fontes, do Ecomuseu, a esta valorização do território». Em síntese «queremos marcar no Alto Tâmega aquilo que é a nossa área de conforto».

Fonte: Câmara Muncipal de Montalegre

Outras notícias