17/10/2019
10:57:38
SinalTV - Canal MEO 500520
30-03-2017
Sociedade

Ministério da Administração Interna condecora Bombeiros de Vidago com medalha de mérito

Ministério da Administração Interna condecora Bombeiros de Vidago com medalha de mérito

Condecoração foi concedida a propósito do 50º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vidago, cujas comemorações vão decorrer ao longo do ano. Ainda no distrito de Vila Real, o Ministério da Administração Interna condecorou os Bombeiros de Vila Pouca de Aguiar com a medalha de ouro e garantiu a construção de um quartel novo. 

O Ministério da Administração Interna atribui aos Bombeiros Voluntários de Vidago a medalha de mérito de proteção e socorro, no grau prata e distintivo azul, a propósito dos 50 anos que a instituição comemora no ano de 2007.

Francisco Oliveira, presidente da corporação vidaguense recebeu a notícia, através do despacho, assinado pela ministra Constança Urbano de Sousa, publicado na passada quarta feira em Diário da República, “com muita alegria, orgulho e satisfação (…) pelo facto de vermos reconhecido o nosso trabalho na proteção e socorro em prol das nossas populações”, e garantiu que os Bombeiros de Vidago tudo irão fazer para continuar a merecer o reconhecimento do Ministério da Administração Interna.

No agradecimento enviado à ministra Maria Constança de Sousa, o presidente do quartel de Vidago pediu que fosse atribuído ao mesmo, em jeito de “prenda”, “por ocasião das comemorações do cinquentenário”, um veículo florestal de combate a incêndios, uma vez que os existentes tem já alguns anos.

Os bombeiros de Vidago candidataram-se, através do Programa POSEUR 2020, para a aquisição de uma viatura nova de combate a incêndios, candidatura que não foi aprovada porque a vila não tem população, e cujos “critérios penalizaram os pequenos injustamente”.

No distrito de Vila Real, também os Bombeiros de Vila Pouca de Aguiar, que comemoram este ano o centésimo aniversário, foram condecorados com uma medalha de ouro de mérito de proteção e socorro, no grau ouro e distintivo azul. Para além da condecoração, o Ministério da Administração Interna anunciou a construção de um quartel novo para os soldados da paz de Vila Pouca de Aguiar, num investimento global de 1,5 milhões de euros., em reconhecimento pelo "exemplar percurso da sua existência ao serviço da comunidade e da proteção e socorro de populações".

Redação 

Outras notícias