06/08/2020
21:39:44
SinalTV - Canal MEO 500520
25-06-2014
Economia

Meses de salários 'à antiga' ajudam economia mas pouco

Meses de salários à antiga ajudam economia mas pouco
A reposição dos salários – na sequência da decisão do Tribunal Constitucional – poderá ajudar a dinamizar a economia, através do aumento do consumo. 
O impacto, no entanto, não deverá ser substancial, concluem especialistas contactados pelo Jornal de Negócios.
Durante uns meses, os salários da Função Pública deverão voltar a níveis de 2010, o que quer dizer que com mais dinheiro na carteira é possível que se sinta um aumento do consumo. Os economistas, no entanto, estão céticos em relação à dimensão deste aumento, noticia hoje o Jornal de Negócios.
A maior dinamização do consumo pode ter um impacto positivo no Produto Interno Bruto (PIB), ainda para mais quando em causa estão reposições de salários que afetam cerca de 660 mil trabalhadores. Estas reposições, que durante alguns meses deverão representar ‘aumentos’ de 2,5% a 12%, só se sentirão caso os trabalhadores gastem esse dinheiro ‘a mais’.

Ao Jornal de Negócios, Paula Carvalho, economista-chefe do BPI, alerta que “é preciso não esquecer que existem outros constrangimentos”, como o endividamento e o ainda ‘frágil’ mercado de trabalho.

O economista Filipe Garcia, por outro lado, admite que o impacto poderá ser “positivo” ao nível do consumo porém o mesmo pode não se verificar ao nível do PIB, já que parte desse consumo sentir-se-á nas importações. Filipe Garcia acrescenta ainda que “é prematuro fazer as contas porque não se sabe quais serão as medidas em sentido inverso”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Outras notícias