18/09/2019
16:17:15
SinalTV - Canal MEO 500520
31-01-2017
Cultura

MACNA candidato a prémio de Arquitetura Contemporânea

MACNA candidato a prémio de Arquitetura Contemporânea

O Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, MACNA é um dos quatro projetos arquitetónicos construídos em Portugal, candidato ao Prémio de Arquitetura Contemporânea da União Europeia Mies van der Rohe 2017.

Inicialmente estavam em concurso 13 projetos de arquitetura portugueses mas na segunda fase de seleção são quatro as obras arquitetónicas portuguesas que podem vencer o mais importante galardão da Arquitetura Europeia no valor de 60 mil euros.

De uma lista de 40 selecionados a nível europeu anunciada pela Comissão Europeia, o Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso é um dos projetos portugueses finalista, assim como o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa, desenhado pelo atelier de arquitetura Amanda Levete Architects; a Sede da EDP em Lisboa pelo arquiteto Aires Mateus e a Casa em Oeiras, do atelier Pedro Domingos.

O MACNA  inaugurado no dia 4 de julho de 2016 é uma obra do arquiteto Álvaro Siza Vieira, orçado em cerca de 8 milhões de euros e reúne o espólio do artista flaviense Nadir Afonso, retratando-o como pintor e como filósofo.

A última lista com os cinco finalistas a nível europeu será divulgada em meados de fevereiro, pelo júri presidido por Stephen Bates e pelo arquiteto português Gonçalo Byrne. O vencedor do prémio Mies van der Rohe 2017 será anunciado no dia 26 de Maio em Barcelona.

O júri do concurso vai também atribuir uma menção especial a um arquiteto emergente.

O Prémio Mies van der Rohe é atribuído de dois em dois anos pela União Europeia (Parlamento Europeu e Comissão Europeia) e pela Fundação Mies van der Rohe.

De recordar que a 1ª edição do projeto aconteceu em 1988 e foi ganho pelo arquiteto português Álvaro Siza Vieira com o edifício Borges & Irmão, em Vila do Conde. 

Consulte aqui a lista dos 40 selecionados na segunda fase de seleção: http://miesarch.com/archive?editions=16&classification=2

Redação / EUMiesAward / Fundació Mies van der Rohe

 

Outras notícias