17/09/2019
13:26:24
SinalTV - Canal MEO 500520
27-06-2014
Economia

INE divulga hoje o défice orçamental do 1º trimestre

INE divulga hoje o défice orçamental do 1º trimestre
O Instituto Nacional de Estatística divulga hoje os números do défice do primeiro trimestre, em contabilidade nacional. 
A Unidade Técnica de Apoio Orçamental estima que atinja os 5,6% até março.
A 30 de maio, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), uma unidade independente que apoia os deputados da Assembleia da República, estimou que o défice em contabilidade nacional, a ótica que conta para Bruxelas, tenha ascendido a 5,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nos primeiros três meses, fixando-se acima do objetivo de 4% definido pelo Governo para o conjunto de 2014.
No primeiro trimestre, o défice das administrações públicas situou-se entre 4,9% e 6,3% do PIB, calculando-se que «o valor central do défice tenha ascendido a 5,6%», lê-se no relatório.
Os técnicos da UTAO consideraram que há uma «evolução favorável» face ao período homólogo, com uma redução do défice «em torno dos 2,6 pontos percentuais», e salvaguardaram que esta previsão «não coloca necessariamente em causa o objetivo» do Governo.
Numa carta enviada pelo Governo aos credores internacionais a 12 de junho, o Executivo reiterou que «mantém o objetivo de atingir um défice de 4% do PIB no corrente ano e de 2,5% em 2015, em linha com as recomendações do Conselho para sair da situação de défice excessivo».
Entretanto, o Tribunal Constitucional "chumbou" três das quatro normas do Orçamento do Estado para 2014, incluindo os cortes salariais aplicados aos funcionários públicos que ganhem mais de 675 euros, o que abriu um "buraco" que o Executivo terá de tapar.
O Tribunal Constitucional está ainda a averiguar se a nova Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES), que foi reformulada e alargada, e se os aumentos dos descontos para a ADSE, SAD e ADM estão ou não em conformidade com a Constituição da República.

Fonte: TSF

Outras notícias