25/04/2019
18:28:00
SinalTV - Canal MEO 500520
07-08-2014
Desporto

II Liga arranca sábado com 24 equipas e sem divisão regional

II Liga arranca sábado com 24 equipas e sem divisão regional
Com o alargamento dos dois campeonatos profissionais aprovado, a II Liga terá este ano mais duas formações, num percurso de 46 jornadas e 552 jogos.
A 25.ª edição da II Liga de futebol arranca este sábado, com o quadro de equipas alargado a 24 emblemas, entre os quais o estreante Oriental e os regressados Olhanense, Freamunde e Vitória de Guimarães B.

Com o alargamento dos dois campeonatos profissionais aprovado, a II Liga terá este ano mais duas formações, num percurso de 46 jornadas e 552 jogos, sendo que os dois primeiros classificados garantem a subida de divisão e os três últimos descem ao Campeonato Nacional de Seniores (CNS).

A terceira alteração registada na II Liga nos últimos oito anos proporcionou, desde logo, que não houvesse qualquer despromoção ao CNS, situação que acabaria por beneficiar o último classificado, Atlético, que, assim, garantiu a permanência.

Para trás ficou a igualmente a possibilidade de o campeonato ser dividido em duas séries (norte e sul), após os clubes que disputam a prova terem rejeitado essa alteração no modelo competitivo.

Entre as 24 formações que vão encarar a nova época destaca-se o Olhanense, que volta a disputar a II Liga, depois de cinco temporadas entre os "grandes" do futebol luso, bem como o estreante Oriental e os regressados Freamunde e Vitória de Guimarães B, três equipas que bateram a concorrência no CNS anterior.

De resto, os algarvios, agora orientados por António Conceição, darão o pontapé de saída na II Liga, no sábado, às 11h15, na receção ao Leixões, enquanto Freamunde, Vitória de Guimarães B e Oriental defrontam, respetivamente, Atlético, Feirense e Santa Clara, às 17h00.

Já sem Moreirense e Penafiel, que garantiram a subida ao principal escalão, espera-se nova competição "renhida" até final, com particular incidência para os desempenhos de Desportivo das Aves, Portimonense e Desportivo de Chaves, que estiveram envolvidos na luta pela subida até bem perto do fecho do campeonato passado.

No entanto, à exceção das seis equipas B, a época oficial já abriu para as restantes formações da II Liga, com a fase de grupos da Taça da Liga, na qual Desportivo de Chaves, Sporting da Covilhã e Tondela registam o melhor desempenho, ao liderarem os respetivos grupos, sem qualquer derrota, sendo que flavienses e serranos já garantiram mesmo passagem à próxima fase.

Por outro lado, das 20 equipas que transitaram da época passada, apenas seis mantiveram os respetivos treinadores: Trofense (Porfírio Amorim), Benfica B (Hélder Cristóvão), Feirense (Pedro Miguel), Oliveirense (Artur Marques), Sporting da Covilhã (Francisco Chaló) e Desportivo das Aves (Fernando Valente).

Já no que diz respeito aos restantes técnicos, o lote de estreantes na II Liga é composto por Carlos Pinto (Tondela), Carlos Graça (Marítimo B), Fernando Pereira (Sporting de Braga B), Francisco Barão (Sporting B), Cláudio Braga (Santa Clara) e Alex Costa (Académico de Viseu), este último o mais novo entre os 24 treinadores que vão iniciar a competição (34 anos).

Fonte: SAPO - Desporto

Outras notícias