18/01/2020
02:09:34
SinalTV - Canal MEO 500520
07-08-2015
Sociedade

GIP regressa a Montalegre

GIP regressa a Montalegre

Está de volta o Gabinete de Inserção Profissional (GIP) a Montalegre. A assinatura do contrato entre a Câmara de Montalegre e o Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP, IP), que possibilitou este regresso, foi realizado esta tarde no auditório da biblioteca municipal.

Depois de uma curta paragem, está de volta ao concelho de Montalegre o chamado Gabinete de Inserção Profissional (GIP). A notícia foi tornada pública na assinatura de um contrato entre a Câmara Municipal de Montalegre, representada pelo presidente Orlando Alves, e o Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP, IP), no rosto de Jaime Abreu, diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional do Alto Tâmega. A sessão protocolar ocorreu no auditório da biblioteca municipal onde o líder da autarquia começou por explicar o porquê desta retoma: «a paragem e o regresso do Gabinete de Inserção Profissional resultam das orientações do Instituto de Emprego e Formação Profissional. Fomos contemplados com a reinstalação deste gabinete e rejubilamos com isso». Orlando Alves fala numa mais valia a todos os níveis: «é mais uma oportunidade de emprego para alguém que precisa. É também uma oportunidade muito grande para os jovens que a partir de agora poderão pensar em múltiplas facetas que vão dispensar a deslocação a Chaves ou a qualquer outro ponto do nosso país». O edil destaca que «ao nível da formação profissional» o concelho passa a oferecer «uma porta aberta para a valorização e capacitação dos jovens de Montalegre e de todo o Barroso». Face a tal quadro, garante o presidente da Câmara, «vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que as coisas corram o melhor possível».
 
REGRESSO JUSTIFICADO
 
Presente na sessão, Jaime Abreu, diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional do Alto Tâmega, explicou: «pretende-se que o Gabinete de Inserção Profissional seja uma extensão dos serviços de emprego de Chaves. Entendemos que este projeto tem todo o interesse para este concelho porque vai trabalhar, de forma ajustada, com a população do concelho em articulação connosco». O dirigente lembrou que estamos perante um projeto que «vai trabalhar por objetivos, de acordo com o número de inscritos e com a dimensão socioeconómica», daí que, conclua, «a volta do GIP justificava-se, também, pela proximidade num concelho com elevada extensão».
 
ATIVIDADES PARA CUMPRIR
 
- Ações de informação sobre as medidas ativas de emprego e formação, oportunidades de emprego e de formação e programas comunitários de apoio à mobilidade no emprego ou na formação;
- Ações de apoio à procura de emprego e desenvolvimento d atitude empreendedora;
- Encaminhamento para ações de formação ou medidas de emprego;
- Receção e registo de ofertas de emprego;
- Apresentação de desempregados a ofertas de emprego;
- Colocação de desempregados em ofertas de emprego.

Fonte: Câmara Municipal de Montalegre

Outras notícias