31/05/2020
10:28:43
SinalTV - Canal MEO 500520
14-04-2015
Cultura

Ensemble Clepsidra apresenta-se em Chaves

Ensemble Clepsidra apresenta-se em Chaves

No próximo dia 18 de abril - Dia Internacional dos Monumentos e Sítios - tem lugar na Igreja de Santa Leocádia, em Chaves, pelas 17h00, o concerto Canticum Cantocorim. Polifonia Europeia sobre o cântico dos cânticos na interpretação do Ensemble Clepsidra, sob a direção do Maestro José Luís Borges coelho.

O Ciclo de Concertos Espaços da Polifonia é uma iniciativa promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte (DRCNorte), no âmbito do projeto Entre o Sagrado e o Profano: dinamização do património religioso medieval, através da qual se pretende dar maior visibilidade a um conjunto diverso de monumentos classificados e intervencionados sob a tutela da DRCNorte, bem como à sua capacidade de acolhimento do visitante/público.
 
Depois de ter já realizado concertos na Igreja do Mosteiro de Rendufe (Amares), na Igreja do Mosteiro de Grijó (Vila Nova de Gaia), Igreja do Mosteiro de Castro Avelãs (Bragança) e Mosteiro de Pombeiro (Felgueiras), o Ciclo Espaços da Polifonia chega agora a Chaves, mais concretamente à Igreja de Santa Leocádia.
 
Fundado em 2006, o Ensemble Clepsidra dedica-se à pesquisa, estudo e execução de repertório vocal dos séculos XVI-XVIII, dando particular relevo ao repertório ibérico de música cortesã e sacra e concebendo diferentes projetos que integram a música, a dança e a representação historicamente fundamentadas. Paralelamente, presta também particular atenção à interpretação de obras de autores portugueses do século XX e XXI.
 
Composto por cantores profissionais, este ensemble vocal apresenta-se como formação a cappella ou integrando instrumentos de época e privilegia a conceção de programas temáticos baseados num conceito específico, personagem ou acontecimento histórico, passíveis de serem executados numa grande variedade de espaços histórica e arquitetonicamente relevantes, promovendo a criação de novos públicos e a aproximação da comunidade às potencialidades cénicas do património.
 
O Ciclo Espaços da Polifonia decorrerá até Junho do próximo ano, encontrando-se os concertos disseminados pela região Norte. Constitui uma ação da operação Entre o Sagrado e o Profano: dinamização do património religioso medieval, projeto financiado pelo Programa Operacional ON2 – NORTE (Eixo Prioritário III - Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial), cujos objetivos são a valorização do património cultural classificado imóvel e arqueológico, bem como potenciar o património como fator de dinamização, animação e desenvolvimento local.

Fonte: DRCN 

Outras notícias