25/09/2020
09:44:40
SinalTV - Canal MEO 500520
22-05-2020
Politica

Deputado Francisco Rocha questiona ministra da Saúde sobre investimentos na região

Deputado Francisco Rocha questiona ministra da Saúde sobre investimentos na região

O deputado socialista Francisco Rocha questionou esta quarta-feira a ministra da Saúde sobre o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), pedindo esclarecimentos sobre o financiamento do novo acelerador linear do Centro Oncológico, assim como o ponto da situação da remodelação da unidade de hemodiálise e bloco cirúrgico do Hospital de Chaves e ainda do projeto de reconversão do Hospital D. Luiz I na Régua.

Numa intervenção durante a audição da ministra Marta Temido na comissão parlamentar de Saúde, o deputado do PS recordou outros projetos em curso neste Centro Hospitalar, salientando que o de eficiência energética "já está a avançar"  e que os projetos do bloco de partos no Hospital de São Pedro (Vila Real) e o de internamento em Cuidados Paliativos em Chaves "foram aceites para financiamento, estando já a ser preparadas as respetivas candidaturas".

Francisco Rocha destacou ainda como "nota positiva" que o orçamento deste ano para o CHTMAD já considere os "seus custos de contexto", permitindo assim melhorar "os seus recursos financeiros e humanos".

O parlamentar socialista eleito pelo círculo de Vila Real aproveitou também para alertar a ministra relativamente às faltas de material de colheita de sangue em alguns postos móveis, que tem levado a recusar doadores, solicitando que "esta situação seja revista junto do Instituto Português do Sangue e Transplantação", por considerar que é "desajustada e não valoriza o altruísmo dos nossos cidadãos dadores".

Francisco Rocha chamou ainda a atenção para "o papel e o impacto" da atividade termal "no SNS, na economia regional e na coesão territorial", questionando quais as "razões para que não tenha sido permitida a reabertura e o funcionamento dos estabelecimentos termais, mesmo quando a exigência dos requisitos de segurança e higiene que a reabertura termal obriga, nas presentes condições, é idêntica a qualquer atividade prestadora de cuidados de saúde".

Francisco Rocha deixou ainda um apelo  à  “requalificação digital que é necessário implementar nos Cuidados de Saúde Primários para fazer face aos desafios do teletrabalho, da teleconsulta e da videoconferência que se revelaram ferramentas essenciais nesta pandemia”, questionando também "qual a estratégia que irá ser seguida para assegurar a continuidade dos recursos humanos contratados" no âmbito do combate ao Covid-19.   

Na sua intervenção na data em que se assinalou o Dia Mundial do Médico de Família, o deputado do PS começou por deixar uma "saudação e homenagem ao SNS, a todos os profissionais de saúde, abrangendo também nesta saudação e homenagem todos os profissionais que fazem parte da chamada Saúde Militar".

 

Outras notícias