17/09/2019
13:20:17
SinalTV - Canal MEO 500520
12-01-2015
Desporto

Cristiano Ronaldo pode ganhar hoje a sua terceira Bola de Ouro

Cristiano Ronaldo pode ganhar hoje a sua terceira Bola de Ouro
O português Cristiano Ronaldo é o grande favorito a ser consagrado hoje como o melhor futebolista de 2014 e arrecadar a sua terceira Bola de Ouro, numa cerimónia em que concorre com Lionel Messi e Manuel Neuer.
Os últimos anos têm mostrado um duelo entre Ronaldo e Messi, mas, desta vez, o `capitão´ da seleção portuguesa sofre a concorrência do guarda-redes da seleção alemã, que alicerçou a sua candidatura principalmente na conquista do título mundial no Brasil.
 Ronaldo apresenta-se ao 'ritmo' de mais de um golo por jogo (61 em 60 encontros) e com a conquista de quatro títulos: a sempre  apetecível Liga dos Campeões, o Mundial de clubes, a Supertaça Europeia e a Taça do Rei de Espanha.
 A estes títulos juntam-se ainda uma terceira Bota de Ouro, a eleição para melhor jogador da UEFA e da Liga espanhola e o título de `rei´ dos goleadores da 'Champions', com um recorde de 18 golos, em 2013/14. 
Enquanto Ronaldo esteve mais apagado no mundial - Portugal caiu na fase de grupos -, Manuel Neuer esteve em grande no maior evento do ano, ao ajudar a Alemanha a conquistar o título mundial, numa prova em que foi considerado, sem polémica, o melhor guarda-redes da competição (luva de ouro).
 Além do Mundial2014, o número 1 da 'Mannschaft' também conseguiu a 'dobradinha' na Alemanha, com o Bayern Munique a vencer campeonato e taça, falhando apenas na 'Champions', goleado nas 'meias' pelo Real Madrid (0-5 nos dois jogos).
 Os 40 golos sofridos, em 62 jogos, atestam a sua regularidade, bem como o facto de ter mantido a sua baliza em 'branco' em mais de metade dos encontros (32), incluindo nos 120 minutos da final 'canarinha' com a Argentina.
 Já o argentino Lionel Messi apresenta-se 'despido' de títulos, depois de um ano em que não foi feliz nas finais que disputou, perdendo a do Mundial e da Taça do Rei e ficando-se por um empate no jogo decisivo da Liga espanhola, que o FC Barcelona precisava de vencer.
 Estes dados 'comprometem' uma quinta Bola de Ouro para o argentino, que, ainda assim, fez várias vezes história em 2014, ao tornar-se o melhor marcador da Liga espanhola, das taças europeias e da Liga dos Campeões.
 Com polémica, e inúmeras 'vozes' contra, Messi foi também eleito o melhor jogador do Mundial, no qual marcou quatro golos (terceiro melhor marcador), todos na primeira fase, e foi decisivo no percurso da Argentina até à final.
 Quanto aos totais de golos, ficou muito longe dos 91 (recorde mundial) de 2012, mas fez mais do que os 45 de 2013, ao totalizar 58, apenas menos três do que Cristiano Ronaldo, que marcou mais seis penáltis (13 contra sete).

Fonte: Sic Notícias

Outras notícias