10/12/2018 12:54:32
SinalTV - Canal MEO 500520
  • SinalTV no Facebook
  • SinalTV no Twitter
  • RSS Feed da SinalTV
SinalTV
26-11-2018
Sociedade

Centro de Reprodução do Mexilhão-do-rio em Boticas recebe investimento de 2,3 ME

Centro de Reprodução do Mexilhão-do-rio em Boticas recebe investimento de 2,3 ME

A Câmara de Boticas e a Iberdrola assinaram, na última quinta feira, no Boticas Parque um protocolo para preservação e promoção da fauna e flora local. O momento ficou marcado pela libertação de centenas de trutas portadores de milhares de gloquídios, com vista a reprodução deste bivalve.

O Centro de Reprodução e Divulgação Científica e Ambiental sobre o mexilhão-de-rio, é único na Península Ibérica e permite a preservação desta espécie ameaçada, que chegou a ser dada como extinta em Portugal.

O Mexilhão-do-rio foi descoberto em 2009, no rio Beça em Boticas, o que levou à suspensão da construção da Barragem de Padroselos (Covas do Barroso) levada a cabo pela Iberdrola, empresa responsável pelo projeto Electroprodutor do Tâmega.

Nesse sentido, a Iberdrola vai investir, durante cinco anos,  2,3 milhões de euros para compensar as contrapartidas que surgem com a construção das barragens.

“Com este investimento conseguimos dar mais um passo importante no que diz respeito à preservação, regeneração e valorização do nosso património natural. O centro de reprodução instalado no Boticas Parque é o único da Península Ibérica e isso deixa-me bastante feliz”, referiu Fernando Queiroga, presidente do Município de Boticas que destacou “que este projeto surge como mais um pólo de atração para o concelho”.

O plano de medidas de compensação pressupõe ainda, o repovoamento dos rios Beça e Terva com trutas, nomeadamente fário, um elemento preponderante para a reprodução do mexilhão-de-rio, assim como a beneficiação do posto aquícola e do viveiro de trutas existentes no Boticas Parque, a reflorestação de uma vasta área florestal, entre outras ações de âmbito ecológico e ambiental.

“Foi com grande gosto que a Iberdrola se associou, uma vez mais, à Câmara Municipal de Boticas na promoção da flora e fauna locais. Esta ligação entre as duas entidades, agora estreitada pela assinatura deste novo protocolo, vai com toda a certeza trazer um futuro mais verde para o concelho de Boticas, um dos que estão ligados ao Sistema Eletroprodutor do Tâmega. Este projeto, em construção até 2023, é uma grande aposta da Iberdrola na região norte” explica Sara Hoya responsável pela empresa.

Para assinalar o momento, a Iberdrola levou a cabo uma iniciativa de reforço das populações de mexilhão-de-rio, no rio Beça, libertando centenas de trutas portadoras de milhares de gloquídios, indivíduos larvais microscópicos das Margaritíferas.

Redação com Iberdrola

  • Centro de Reprodução do Mexilhão-do-rio em Boticas recebe investimento de 2,3 ME

Outras notícias