18/11/2019
15:26:47
SinalTV - Canal MEO 500520
10-09-2019
Sociedade

CAPOLIB assina protocolos de cooperação de defesa da floresta

CAPOLIB assina protocolos de cooperação de defesa da floresta

A Cooperativa Agrícola de Boticas assinou, na última sexta feira, protocolos de cooperação de defesa e preservação da floresta do Barroso entre  a Forestis – Associação Florestal de Portugal, Município de Boticas, Gestores de Baldios do Concelho de Boticas e Produtores Pecuários de Pequenos Ruminantes.

Inserido no seminário “Viver na Ruralidade – Ajustamento e Diversificação na Floresta”, a  Cooperativa Agrícola de Boticas, CAPOLIB,assinou na última sexta feira, protocolos de cooperação de defesa e preservação da floresta do Barroso entre  quatro entidades.

Além da assinatura de protocolos, foi apresentado o programa das “cabras sapadoras da pastorícia na defesa da floresta contra incêndios” e destacada a constituição e dinamização dos Agrupamentos de Baldios, nomeadamente o agrupamento do Concelho de Boticas.

O colóquio, que contou com a participação de cerca 150 agricultores e criadores de gado, bem como responsáveis de conselhos diretivos dos baldios do Concelho de Boticas, teve como temáticas o mundo rural e os setores agropecuário e florestal.

A sessão de encerramento do seminário contou com a presença do Presidente da CAPOLIB, Albano Álvares, do Presidente da Forestis, Luís Braga Cruz, do Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, e do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas.

Albano Álvares destacou “o empenhamento das diversas entidades em contribuir para o desenvolvimento e para uma boa gestão florestal deste território”.

Por sua vez, Fernando Queiroga referiu que “foi dado um passo importante na valorização e preservação da riqueza natural existente na região do Barroso, a única em Portugal a ser distinguida como Património Agrícola Mundial”.

Por último, Miguel Freitas afirmou que “o interior do país necessita de mais investimento e apoios comunitários”, ressalvando que “esta é uma medida urgente e necessária para os territórios rurais”.

O seminário “Viver na Ruralidade – Ajustamento e Diversificação na Floresta” foi organizado pela Cooperativa Agrícola de Boticas (CAPOLIB), com o apoio do Município de Boticas.

Redação com CM Boticas

  • CAPOLIB assina protocolos de cooperação de defesa da floresta

Outras notícias