17/09/2019
17:00:02
SinalTV - Canal MEO 500520
29-10-2014
Sociedade

Capital da Castanha veste-se de gala para receber milhares de visitantes a 7, 8 e 9 de Novembro

Capital da Castanha veste-se de gala para receber milhares de visitantes a 7, 8 e 9   de Novembro
O Município de Valpaços, em parceria com a Junta de Freguesia de Carrazedo de Montenegro e Curros, promove a XVIII Castmonte - Feira da Castanha. A edição 2014 do evento foi apresentada na passada segunda-feira, dia 27 de Outubro, em conferência de imprensa.
Amílcar Almeida, presidente do Município de Valpaços apresentou aos jornalistas o grande evento das Terras de Montenegro, que tem lugar nos dias 7, 8 e 9 de Novembro. 

Este ano existem algumas novidades, enquanto diversas atrações se mantêm. A animação musical, com banda de música, rancho folclórico, conjuntos musicais, grupo de bombos e concertinas serão, como habitualmente, uma constante, assim como a vertente desportiva, que é marcada pela montaria ao javali, passeio TT e BTT turístico e Pista de trial.

Para este ano o Bolo de Castanha com 600 kg, a ser distribuído ao público na tarde de domingo, também fará parte dos ingredientes de sucesso do certame, bem como o Concurso da Castanha e da Jeropiga. 

Como novidades, Amílcar Almeida apresentou o Concurso de Doçaria da Castanha, que irá premiar quem inovar na produção de doces em que faça parte da composição o fruto que brota dos centenários soutos da região. 

Beynat, cidade francesa com a qual a vila de Carrazedo de Montenegro possui um protocolo de geminação, também estará representada no evento, por uma equipa que dará a conhecer vários outros produtos que poderão ter a castanha como base da sua confeção.

E porque este ano foi um ano atípico para a produção de castanha no concelho, o autarca reuniu esforços para trazer a Carrazedo de Montenegro, durante o certame, as Jornadas da Castanha, levadas a cabo por especialistas, que pretendem informar e alertar os produtores para as doenças e a sua prevenção. O tema foi também abordado pelo técnico da ARATM - Associação Regional de Agricultores das Terras de Montenegro – Filipe Pereira, que aponta para uma diminuição da produção na ordem dos 50%. “Em vez das habituais 12 mil toneladas, prevemos que a produção seja de 6 mil toneladas. 

São apenas projeções e só no final poderemos dar dados definitivos, mas a doença que atacou algumas regiões do concelho provocou um prejuízo imenso”, referiu. 

Amílcar Almeida afirmou que a Feira da Castanha, que conta com um orçamento de cerca de 40 mil euros, continua a crescer e já estão inscritos mais 20 expositores comparando com o ano transato, que serão “uma montra do mundo rural, como forma de dar a conhecer, sobretudo, o que de melhor se produz no concelho, nomeadamente os vinhos, o azeite, o folar, os frutos secos, a maça, as compotas, entre muitos outros”.

Por sua vez, com o intuito de atrair mais visitantes e dar notoriedade à gastronomia à base da castanha, Amílcar Almeida informou que o Município escolheu o fim-de-semana da Feira da Castanha para participar nos “Fins-de-semana Gastronómicos”, promovidos pela Turismo do Porto e Norte de Portugal. A iniciativa pretende posicionar o produto estratégico 'Gastronomia e Vinhos' e vai percorrer, em datas distintas, os vários concelhos aderentes do Minho, Douro Litoral e Trás-os-Montes, que apresentarão as respetivas especialidades. Na mais de uma dezena de restaurantes aderentes, vai servir-se o lombo de porco com castanhas, o bolo de castanha, entre outras especialidades gastronómicas deste concelho.

A cerimónia de inauguração do evento está marcada para as 16 horas de sexta-feira, dia 7 de Novembro, e contará com a presença, entre diversas entidades, do Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Luís Miguel Poiares Maduro.

Fonte: Biblioteca Municipal de Valpaços

Outras notícias