22/09/2020
17:43:45
SinalTV - Canal MEO 500520
15-09-2020
Economia

BOTICAS: Autarquia mantém estabelecimentos abertos até às 23 horas

BOTICAS: Autarquia mantém estabelecimentos abertos até às 23 horas

Durante o Estado de Contingência cabe aos municípios definirem se reduzem o horário de encerramento dos estabelecimentos comerciais para as 20h ou se mantêm o horário anterior. Em Chaves, Nuno Vaz prevê também manter o horário de fecho às 23 horas.

O município de Boticas optou por não restringir o horário de encerramento dos estabelecimentos comerciais, durante o estado de contingência, mantendo a abertura até às 23 horas, hora limite definida pelo Governo.

“Obtidos os pareceres favoráveis da Autoridade Local de Saúde e das Forças de Segurança e atendendo também à inexistência no concelho, até à presente data, de casos ativos de Covid-19” o autarca, Fernando Queiroga, considerou que os estabelecimentos comerciais do concelho podem funcionar a partir de hoje até às 23 horas. Já os horários de abertura mantêm a sua vigência.

No concelho de Chaves, o Presidente da Câmara Municipal prevê também manter o horário de encerramento dos estabelecimentos comerciais às 23 horas. Contudo aguardam parecer das autoridades de saúde.  

De recordar que o Governo decretou o Estado de Contingência para o país a partir desta terça-feira, ficando as Câmaras Municipais com a competência de estabelecer a hora de encerramento em função da realidade específica de cada concelho, entre as 20h e as 23 horas.

Os estabelecimentos comerciais, à exceção de cafés, pastelarias, cabeleireiros e ginásios, só podem abrir às 10h00.

Por decisão do Governo, os ajuntamentos ficam limitados até 10 pessoas.Não pode haver grupos de mais de quatro pessoas nas zonas de restauração dos centros comerciais.
O consumo de álcool é proibido na via pública, para evitar ajuntamentos e é proibida ainda a venda de álcool, a partir das 20 horas, exceto nos restaurantes. Os recintos desportivos continuam sem público. Nos restaurantes, cafés e pastelarias a 300 metros das escolas, o limite máximo é de quatro pessoas por grupo.

Sara Esteves

Fotografia: Carlos Daniel Morais

Outras notícias