30/10/2020
15:23:39
SinalTV - Canal MEO 500520
01-05-2020
Sociedade

BOTICAS: Autarca reúne-se com a ARS Norte

BOTICAS: Autarca reúne-se com a ARS Norte

Foram abordadas questões relacionadas com a realização de testes à COVID-19 na região, em particular aos profissionais que estão na linha da frente do combate ao novo coronavírus.

O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, participou ontem, dia 30 de abril, numa reunião com a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) através de videoconferência, onde, para além dos responsáveis da entidade regional de saúde participaram também representantes foram ainda abordadas questões relacionadas com a realização de testes à COVID-19 na região, em particular aos profissionais que estão na linha da frente do combate ao novo coronavírus das Comunidades Intermunicipais (CIM’s) da região norte.

Para além da abordagem ao momento atual da evolução do surto pandémico da COVID-19 na região norte, e por área geográfica de cada CIM, com análise aos indicadores nos diferentes capítulos, foram ainda abordadas questões relacionadas com a realização de testes à COVID-19 na região, em particular aos profissionais que estão na linha da frente do combate ao novo coronavírus, como os profissionais de saúde, bombeiros e cuidadores em lares de terceira idade.

O momento foi ainda aproveitado para uma abordagem àquelas que serão as medidas a implementar e à necessidade de cuidados e esforços redobrados logo após o fim do Estado de Emergência (2 de maio) e numa altura em que se programa a reabertura de serviços e o regresso progressivo à normalidade e que poderá significar um aumento significativo de casos de contágio caso as populações não respeitem as indicações dadas pelas entidades de saúde.

Fernando Queiroga, que representou a CIM Alto Tâmega nesta reunião, sublinhou que “os municípios do Alto Tâmega e em particular o Município de Boticas, continuarão permanentemente a monitorizar e acompanhar o evoluir da situação, tomando as medidas que se revelem mais adequadas e necessárias a cada momento, tendo sempre como primeira preocupação proteger a sua população e a saúde pública”.

Outras notícias