22/09/2020
00:30:38
SinalTV - Canal MEO 500520
09-10-2014
Politica

Autarquias em dificuldades podem ser forçadas a despedir

Autarquias em dificuldades podem ser forçadas a despedir
A imprensa desta quinta-feira divulga alguns dados sobre a versão preliminar do Orçamento do Estado para 2015.
Se a versão preliminar do Orçamento do Estado para o próximo ano vingar, as câmaras vão ser obrigadas a avançar para despedimentos. Os jornais Diário de Notícias e Jornal de Notícias avançam, esta quinta-feira, que as autarquias em ruptura financeira serão chamadas a reduzir 3% dos seus funcionários e haverá limites à despesa com pessoal. 

O Diário Económico avança que o sector privado não terá acesso a reformas antecipadas em 2015 e que as progressões da função pública que ficam congeladas mais um ano. Os subsídios de férias e de Natal voltam a ser pagos em duodécimos. 

Em matéria de impostos, sabe-se que a isenção de IMI será alargada a mais de 50 mil famílias com rendimentos até 15.300 euros anuais. Haverá também uma nova taxa sobre as vendas da indústria farmacêutica.

Fonte: Renascença

Outras notícias