15/10/2019
17:05:37
SinalTV - Canal MEO 500520
09-10-2019
Cultura

Aldeia de Boticas serviu de cenário para um documentário

Aldeia de Boticas serviu de cenário para um documentário

Bostofrio é o nome do documentário e de uma pequena aldeia no concelho de Boticas. Do realizador Paulo Carneiro. “Bostofrio, où le ciel rejoint la terre” tem antestreia marcada para o dia 18 de outubro às 21h, no Auditório Municipal de Boticas.

Bostofrio é uma pequena aldeia no concelho de Boticas que serviu de palco para a realização de um documentário de traços biográficos. Do realizador Paulo Carneiro, o filme “Bostofrio, où le ciel rejoint la terre” é composto por uma série de entrevistas nas quais o próprio realizador questiona os habitantes da aldeia, muitos deles seus familiares, sobre quem era, e como era o seu avô paterno, que não conheceu.

Paulo Carneiro é natural de Lisboa mas tem ligações à aldeia barrosã o que o levou a fazer esta investigação que “puxa conversa pelas gentes que levanta o véu de uma ruralidade ainda cheia de segredos e meias verdades”.

No filme, o realizador está quase sempre presente no enquadramento, conversando com os habitantes em casa ou no campo, desenrolando o novelo da história dos avós paternos, sobre a qual pouco conhecia.

O documentário foi uma das cinco longas-metragens selecionadas para a competição nacional do festival IndieLisboa, e o único a cumprir a estreia mundial.

"Sempre foi uma coisa pouco falada na família e comecei a achar que poderia ser um assunto para levar para o cinema a partir do momento em que me começo a interessar por cinema", contou à agência Lusa Paulo Carneiro, que começou no cinema em 2011, como montador e assistente de realização.

"Bostofrio, où le ciel rejoint la terre" teve um processo longo de produção e rodagem durante dois anos, com um orçamento reduzido, que faz jus à condição de independente. "Foi quase uma coisa feita entre amigos, entre rodagens de outros filmes, com pessoas que conheci noutras rodagens de outros filmes", contou.

O Filme já esteve estreia mundial no Grande Auditório da Culturgest a 28 de abril, na 15ª edição do IndieLisboa, Festival Internacional de Cinema, e já foi exibido no Cinema São Jorge em Lisboa.

 “Bostofrio, où le ciel rejoint la terre” já recebeu várias distinções e tem antestreia marcada para o dia 18 de outubro às 21h, no Auditório Municipal de Boticas.

Bostofrio foi a aldeia onde foi rodada a longa metragem. O Rancho Foclórico de Beça também participou no filme.

https://www.youtube.com/watch?v=8Dc5ZoMrZDk

Redação com Lusa

  • Aldeia de Boticas serviu de cenário para um documentário

Outras notícias