28/05/2020
14:32:59
SinalTV - Canal MEO 500520
30-03-2020
Sociedade

A importância de preservar a saúde mental

A importância de preservar a saúde mental

O psicólogo da Seleção Nacional de futsal deixa, na página oficial da Federação, alguns conselhos para ultrapassar a quarentena imposta no âmbito da COVID-19.

Jorge Silvério, psicólogo que integra a equipa técnica do futsal, e não escondeu que este é um momento de preocupação para a sociedade e para os atletas.

Doutorado em Psicologia do Desporto, tendo sido o primeiro mestre na área em Portugal, Jorge Silvério é licenciado em Psicologia pela Universidade do Porto e tem Pós-Graduação em Desordens da Ansiedade e do Humor pelas Universidades de Maastricht e Oxford.

Além do trabalho com os jogadores e jogadoras que habitualmente integram os trabalhos das Seleções  Nacionais,  Jorge Silvério trabalha com futebolistas e atletas olímpicos que vivem problemas específicos, mas também transversais à sociedade. “É necessário manter a saúde física e mental nestes tempos de exceção. Pela minha experiência de quase 30 anos a trabalhar com atletas, acrescida a tudo o que tenho estudado e investigado nesta área, os atletas têm uma vantagem sobre os não-atletas pois ultrapassar obstáculos e viver com incertezas é aquilo a que estão habituados na sua prática desportiva diária juntamente com o trabalho árduo, o sacrifício e a tenacidade. Outro valor a que estão habituados, e que nestas horas de crise pode fazer toda a diferença, é sobrepor os valores coletivos aos individuais e é isso que todos temos de fazer ao ficar em casa. É nestas alturas que me lembro, já com saudades que brevemente serão mitigadas quando ultrapassarmos este obstáculo, do slogan que temos na Seleção Nacional de futsal masculina, Campeã da Europa: ‘Todos juntos, Portugal, Portugal, Portugal’”

Segundo o psicólogo Jorge Silvério, estes são os sintomas aos quais devemos estar atentos: Alterações de humor súbitas e sem causa aparente; Perturbações no sono; Perturbações no apetite e Receio exagerado em relação a esta situação de pandemia.
O psicólogo da Seleção Nacional aconselha a “Manter a prática do exercício físico, não só para manter a forma física, mas porque o exercício tem um conjunto de benefícios ao nível psicológico ainda mais importantes nesta fase complicada. Entre estes benefícios temos a diminuição da ansiedade e da depressão, a resposta ao stress, o aumento da autoestima e da autoconfiança e a regulação do humor: todos eles importantes nesta conjuntura que estamos a viver; Manter, o mais possível, rotinas diárias e envolver nestas os membros da família que também estejam confinados no mesmo local. Estas rotinas não devem ser inflexíveis e podem variar diariamente desde que as tarefas obrigatórias se mantenham (exercício físico); Manter o contacto social recorrendo às vídeo chamadas, telefonemas e outros meios que são uma grande ajuda para todos e ainda mais para os atletas que estão geograficamente deslocados e afastados fisicamente das suas famílias e amigos; Manter o treino mental, tal como o treino físico! Os atletas com que trabalho têm um conjunto de tarefas no seu treino mental adequadas a cada um. Neste contexto assume extrema importância a formulação de objetivos, pois sendo a técnica mais poderosa de motivação permite que os atletas tenham um rumo e uma direção; Ter um ou dois períodos definidos diariamente para acompanhar as notícias sobre a pandemia recorrendo a fontes credíveis e reforçar os laços familiares estreitando as relações pela partilha de atividades e, se possível, apoiar os familiares na gestão das suas emoções.

 

PSR/CDM

 

Fonte: FPF

Outras notícias