15/10/2019
16:45:57
SinalTV - Canal MEO 500520
29-04-2015
Cultura

11.º Convívio do Dia do Homem da Granja

11.º Convívio do Dia do Homem da Granja

Daqui a muitos anos falar-se-á na «tradição» que os homens da Granja não deixaram perder ao longo do tempo, juntando-se em romaria e confraternização, invariavelmente, no último sábado de Abril. Porque as tradições começam assim: primeiro é apenas uma vontade de comunhão e encontro; depois, muito mais tarde, é como se não tivesse havido um princípio, e as sucessivas memórias se acrescentassem apenas «porque já é tradição»…

A verdade é que o «Dia do Homem da Granja» começou há já uma década, em 2005, quando um ainda reduzido número de  homens (51), entre iniciados e veteranos, se juntaram no Santuário do Senhor do Monte para uma sessão de confraternização masculina e festa da rija.

Acontece que este ano, exactamente no último sábado de Abril, a história se repetiu tal como em 2005, havendo no entanto três assinaláveis diferenças: primeiro, o número de convivas que estabilizou  entre os 90 e os 100, registou  este ano a bonita soma de 92 entre miúdos e graúdos; segundo, o acontecimento tem justificado  já a presença do champanhe, que passou a ser também  o preço para registo no grupo de qualquer criança que nasça ao longo do ano. Neste,  o contemplado foi o sr.  Jorge Macedo  pelo nascimento do  seu filhote Nuno Val Macedo. A terceira, é a presença do fogo de artifício que na hora de regresso funciona como aviso de que os homens estão de volta a casa ao fim de um dia frenético de diversão e ótimas refeições ao longo do dia.

Quanto à gastronomia, registou-se nesta edição o desaparecimento de 25 Kg de pregos no pão logo pela manhã, de 45 Kg de borrego no pote acompanhados de duas panelas de tamanho XXL de batata cozida à hora de almoço, de um enorme  bolo,  champanhe, café, digestivos e 35 Kg de vitela na brasa servida com uma fornada de pão centeio  ao fim do dia.

Curiosidades:

Como vem acontecendo nos últimos anos, neste agradável convívio, não faltou o já tradicional fogo de artifício com a proporção de um foguete por cada presença masculina.

Pela manhã e mais concretamente às 11,30 horas, foi celebrada uma missa em memória dos 13 homens já falecidos e que militaram neste grupo.

Agradecimentos:

A comissão organizadora agradece a presença de todos os quantos participaram neste 11.º convívio pois sem  homens não seria possível ter a designação do evento;

Agradece a presença dos senhores Fernando Queiroga e José Manuel Pereira, respetivamente Presidentes da Câmara Municipal e Junta de Freguesia;

Agradece à Junta de Freguesia de Pinho na pessoa do seu Presidente José Quintas Lage a cedência das instalações que evitaram uma molha certa dada a enorme chuvada verificada ao longo de todo o dia;

Agradece ao senhor padre Domingos a disponibilidade demonstrada  para a celebração de uma missa em memória dos treze amigos já falecidos e que fizeram parte deste grupo de participantes;

Agradece ao senhor Jorge Macedo pela oferta do champanhe que é o preço para registo do seu  filhote Nuno no grupo;

E por fim, agradecer aos senhores Ildo, Carlos, Portal e Vilela por toda a música que nos deram ao longo do dia.

Fonte: CM Boticas

  • 11.º Convívio do Dia do Homem da Granja
  • 11.º Convívio do Dia do Homem da Granja
  • 11.º Convívio do Dia do Homem da Granja
  • 11.º Convívio do Dia do Homem da Granja
  • 11.º Convívio do Dia do Homem da Granja

Outras notícias